sexta-feira, 29 de abril de 2011

LITERATURA: Praça João Pessoa ganha "Ponto de Leitura"

Local de shows e apresentações de teatro, agora a praça João Pessoa ganha um “Ponto de Leitura”. Livros já estão à disposição da população. Projeto ganha apoio de empresários locais.


Tânia e Soraia (Sec. da Cultura) colocando os livros para os novos leitores

Pensando em facilitar e viabilizar o acesso a cultura em Araçatuba, a administração municipal, pela Secretaria Municipal da Cultura, em parceira com empresários locais, criaou um novo ponto de leitura. Em outros locais, já existem ponto de leitura, como o Pronto Socorro Municipal, Prefeitura (sala de espera da Secretaria da Fazenda) e a recepção da própria Secretaria da Cultura. O próximo local a ter ponto de leitura será o Pronto Socorro Municipal do Bairro São João.

A empresária Madalena Carlini procurou o secetário Hélio Consolaro, e decidida perguntou: "Vamos instalar um ponto de leitura da praça João Pessoa? Não gosto de burocracia". Um dia depois se deu a instalação. A Chade e Cia forneceu a geladeira em desuso. Madalene contratou o pedreiro, a Biblioteca Municipal Rubens do Amaral forneceu os livros, e mais um ponto de leitura (mais sofisticado) foi instalado. Tânia Regina Capelari, Chefe de Serviços de Bibliotecas, também participou das atividades. Segundo Tânia praticamente todos os gêneros de leitura serão oferecidos á população.

O objetivo deste projeto é facilitar o acesso e fortalecer o hábito da leitura na população. Para o Secretário, a praça é um local ideal. “O local já contribui para isso. A praça João Pessoa, convida todos à leitura. Os bancos, árvores e atividades culturais, tudo contribui”, disse animado Hélio. Madalena Carlini disse: “Se outros lugares conseguiram, porque nós não?”

Funcionamento
Os livros já estão à disposição da população para a leitura na praça, próxima à lanchonete local. Bastando apenas o interessado escolher o livro. Quem quiser doar, é simples, só deixar no mesmo local, sem precisar pedir ou preencher nada, tanto para pegar e ler, quanto para doar.

Além de preparar melhor o jovem para a vida, a leitura constrói a cidadania. Uma pesso que lê sempre é bem diferente daquela que lê esporadicamente.

Apoio: Madalena Carlini / Chade & Cia.

@ContrapCult

 
Photography Templates | Slideshow Software