quarta-feira, 25 de agosto de 2010

GASTRONOMIA: Caldo do Artista e Cumpim Casqueirado tornar-se-ão pratos típicos oficiais de Araçatuba



No dia 24 de Agosto de 2010, no Clube Gaivota, houve o lançamento do Projeto de Lei que oficializará o Cupim Casqueirado e o Caldo do Artista como pratos típicos de Araçatuba, acompanhado de um buffet de degustação. Estiveram no evento as autoridades de Araçatuba: Cido Sério - Prefeito, Hélio Consolaro - Secretário de Cultura, Euflávio de Carvalho - Secretário de Turismo, Ermenegildo Nava - representando a Câmara de Vereadores, Celso Gonçalves da Silva - empresário, Mauro Rico - como chefe de cozinha e os membros do Conselho de Políticas Culturais de Araçatuba, além de outros convidados.

O Cupim Casqueirado é conhecido pela maioria das pessoas, mas não tem autor definido ou data de criação. O que se sabe é que a tradição é daqui da região de Araçatuba. A receita do prato foi até exibida num programa famoso de culinária por Celso Gonçalves da Silva, propretário da lanchonete Choppompeu. Lá, Celso e sua equipe, explicaram passo-a-passo a receita Araçatubense, o Cupim Casqueirado.

O Caldo do Artista, embora ainda pouco conhecido, foi elaborado pelo músico, arquiteto e chefe de cozinha, araçatubense, Mauro Rico, em 1980 no dia 24 de agosto, Dia do Artista - daí a razão da data para a qual foi decidido fazer-se o cerimonial. Às margens da Rodovia Elyeser Magalhães, na comunidade rural Estrela Guia, fundada por Mauro Rico e sua mulher, Selma Rico, num domingo, por coincidência, Dia do artista, Mauro Rico, o responsável pela execução das refeições, preparou um caldo à base de mandioca e de outros produtos encontrados no sítio de origens vegetal e animal
.

O som ficou por conta de César Menezes e Querô
.
Mauro Rico sendo entrevistado pela Rede Bandeirantes

Mauro Rico preparando o Caldo do Artista

0 comentários:

Postar um comentário

 
Photography Templates | Slideshow Software