quarta-feira, 6 de outubro de 2010

LITERATURA: Notícia; Audioteca disponibiliza mais de 3 mil livros gravados por voluntários

As pessoas cegas ou com deficiência visual podem ter acesso à leitura por meio de audiotecas espalhas pelo Brasil. Uma delas é a Sal & Luz, instituição sem fins lucrativos instalada no Rio de Janeiro. Ela dispõe de um acervo com mais de 3 mil livros gravados por voluntários e empresta exemplares aos interessados.

Os atendidos recebem as obras gratuitamente pelos Correios, bastando apenas preencher antes um formulário. Segundo a coordenadora da audioteca, Christine Blume, os livros são emprestados para cegos e deficientes visuais, mas também às pessoas com dificuldade de visão por conta da idade avançada.

Entre os títulos oferecidos, há obras de literatura em geral, livros religiosos, didáticos e textos voltados para concursos públicos. Eles podem ser encontrados em fita cassete, CD ou MP3. Em mensagem por e-mail, Christine pede que o trabalho da audioteca seja divulgado para que mais pessoas sejam contempladas.

Como ter acesso?

A pessoa precisa associar-se na sede da audioteca, que fica na Rua Primeiro de Março, 125, no centro do Rio de Janeiro, ou por meio de formulário eletrônico, no site da audioteca. Os interessados podem solicitar o livro por telefone, escolhendo o título no site. A obra será remetida gratuitamente ao ouvinte-leitor.

Ao envia-lá de volta, a pessoa que se comunica pelo sistema Braille tem a opção de utilizar um serviço dos Correios chamado Cecograma, que permite aos deficientes visuais remeter correspondências sem nenhum custo. Confira abaixo o vídeo institucional da Audioteca Sal & Luz:


 
Photography Templates | Slideshow Software